Shailene Woodley, de Divergente, diz que não é feminista porque “ama homens”

divergente o filme

Em entrevista à revista Time, Shailene Woodley, estrela da ficção científicaDivergente, apresentou seus pensamentos sobre feminismo e igualdade de gêneros. “Não sou feminista, porque amo os homens, e acho que a ideia de ‘elevar as mulheres ao poder, tomar o poder dos homens’ nunca vai funcionar. Você precisa de equilíbrio”, disse a atriz de 22 anos.

“Sempre estou em contato com meu lado masculino. E eu sou 50% feminina e 50% masculina, da mesma maneira que muitos de nós”, disse a atriz. Segundo ela, as mulheres não deveriam se unir a uma causa como o feminismo, mas sim encontrar outra alternativa. “Eu acredito que a irmandade [entre as mulheres] é mais importante que o feminismo. Não sei como nós, as mulheres, podemos esperar que os homens nos respeitem se nós sequer nos respeitamos entre si. Há muito ciúme, comparação e inveja. Isso é tão bobo e devastador ao mesmo tempo”.

As visões de Woodley sobre o tema repercutiram na imprensa americana. A colunista Phoenix Tso, do site Jezebel, publicou um artigo criticando as falas da atriz que já atuou em Os Descendentes e será vista nos cinemas em breve estrelando o drama romântico A Culpa é das Estrelas. Com o título de “Shailene Woodley tem alguns pensamentos sobre feminismo e eles não são bons”, a jornalista diz o seguinte em seu editorial: “Ok, as mulheres tem que parar de brigar desnecessariamente, mas só para conseguir o respeito dos homens? Por que não fazer isso para ajudar na nossa própria auto-estima, para que possamos avançar como gênero – ou será que isso vai deixar os homens tristinhos e fracos?”.

Você ja viu? :  Copa de Elite ganha primeiro cartaz

A publicação da revista Time mostrava que o tema está em alta entre as celebridades e que personalidades notáveis como Beyoncé, Ellen Page e Lena Dunham tem apresentado discursos feministas relevantes recentemente. O filme Jogos Vorazes, que deu início a uma bem sucedida franquia estrelada por Jennifer Lawrence, foi mais uma demonstração de como um longa-metragem com uma personagem feminina forte pode dar muito certo. Recentemente, um estudo comprovou que filmes estrelados por mulheres são mais lucrativos.

Divergente está em cartaz nos cinemas brasileiros atualmente . A Culpa é das Estrelas estreia dia 5 junho.

Divergente (no original, Divergent) é o primeiro livro da série de mesmo nome escrita pela autora norte-americana Veronica Roth. Foi lançado nos Estados Unidos em 25 de abril de 2011, chegando ao Brasil ePortugal em 2012.Seu segundo livro, Insurgente, foi lançado em 1º de maio de 2012 nos Estados Unidos, enquanto o terceiro, Convergente, foi lançado em 22 de outubro de 2013 e no Brasil o livro Convergente (Allegiant) foi lançado no dia 10 de março de 2014. A série foi comparada à The Hunger Games, da autora Suzanne Collins, e à The Maze Runner, do autor James Dashner, por ambas e tratarem de uma Distopia em um mundo futurístico. A saga tornou-se best-seller do The New York Times, alcançando o primeiro lugar entre os mais vendidos.

Os direitos autorais da obra foram adquiridos pela Summit Entertainment, e o primeiro filme estreiou Dia 17 de abril de 2014.

Você ja viu? :  Jurassic World - Dinossauros modificados geneticamente podem ser a grande surpresa

fonte:adorocinema.com

Você já viu esses posts?

Melhores filmes de ação

Quer saber quais os melhores filmes de ação? Separamos uma lista com ótimos filmes para você assistir! Lista dos melhores filmes de ação V de Vingança Após uma…

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao Topo
Todos os direitos reservados - Poltrona de Cinema