O Protetor, A Bela e a Fera e Sin City: A Dama Fatal são as maiores estreias da semana

O Protetor é a maior estreia nos cinemas brasileiros desta quinta-feira. O filme de ação e suspense marca  nova parceria entre o ator Denzel Washington e o diretor Antoine Fuqua, que trabalharam juntos em Dia de Treinamento. No longa, Washington vive um ex-agente de elite do governo que forjou sua própria morte para viver com tranquilidade. Entretanto, ele decide voltar a combater o crime – clandestinamente – quando decide iniciar um guerra pessoal contra mafiosos russos para salvar uma jovem (Chloë Grace Moretz) da exploração sexual. Recentemente exibido no Festival de Toronto, o longa estreia em 336 salas.

Em seguida, abrindo em 300 salas, estreia A Bela e a Fera nova versão com atores do clássico conto de fada, que já foi adaptado para os cinemas com a animação da Disney. A fantasia romântica é uma co-produção franco-alemã e traz Léa Seydoux (Azul é a Cor Mais Quente) e nos Vincent Cassel (Cisne Negro) nos papéis principais. Na trama, uma jovem se dispõe a viver com um recluso monstro para salvar a vida de seu pai e acaba descobrindo alguns segredos sobre o passado da criatura, com quem acaba se fascinando.

Outro destaque é a estreia do film noir estilizado Sin City: A Dama Fatal, de Frank Miller e Robert Rodriguez. Seguindo fielmente o binômio sexo + violência, o filme é dividido em quatro segmentos: “A Dame to Kill For”, “Nancy’s Last Dance”, “The Long Bad Night” e “Just Another Saturday Night”. O elenco estrelado traz nomes como Eva Green, Bruce Willis, Joseph Gordon-Levitt, Jessica Alba e Josh Brolin. Estreia em 290 salas.

Para os fãs de comédias românticas, a principal opção é o filme Será Que?, estrelado por Daniel Radcliffe e Zoe Kazan. O eterno Harry Potter (e futuro “chifrudo”) interpreta um jovem que, decidido a se recuperar de uma desilusão amorosa, acaba aceitando ficar na “zona da amizade” com uma garota comprometida na esperança de que ela mude de ideia. Desponta em 141 salas.

As demais estreias, em circuito limitado, são a comédia belga-brasileira A Pelada, o drama grego Miss Violence, o documentário 12 de Junho de 93 – O Dia da Paixão Palmeirense e o relançamento da comédia dramática O Pequeno Fugitivo.

O Protetor: “Do ponto de vista da trama, no entanto, não é nada que difira muito de outras histórias de justiceiros – a reboque do próprio Batman –, o que traz uma sensação de mais do mesmo.” Leia a crítica completa e a opinião da imprensa.

fonte:adorocinema.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *