O Espetacular Homem-Aranha 2: como seria relação com Mary Jane ?

O site Film Sketchr postou uma arte conceitual e uma entrevista com o ilustrador Gregory Hill, que trabalhou em O Espetacular Homem-Aranha 2. Enquanto explicava seu desenho, Gregory falou um pouco sobre a relação entre Peter Parker e Mary Jane Watson.

Film Sketchr: Sua ilustração mostra uma cena na garagem, você pode falar um pouco sobre ela?

Gregory Hill: No roteiro original, Mary Jane e seu pai haviam se mudado recentemente para a casa ao lado da de Peter Parker e Tia May. O caminho deles acabaria se cruzando algumas vezes e Peter perceberia que o pai de MJ costumava chegar bêbado em casa e maltratar sua filha. Nessa cena, o pai dela estaria na garagem quando, de repente, estaria de cabeça pra baixo com o Homem-Aranha à sua frente. O cabeça de teia lhe daria uma lição sobre como tratar sua filha. Em uma outra cena, Gwen Stacy, Mary Jane e Peter Parker se encontrariam na frente da casa de Peter. O mais engraçado da cena da garagem é que quando eu estava desenhando, percebi que alguém estava na minha frente, observando o desenho. Eu disse: ‘oi’ e ele saiu. Mais tarde descobri que o cara era Marc Webb, que estava desesperado pensando em como construir o set de cabeça para baixo, sendo que, na verdade, era ele que estava observando o desenho ao contrário.

Mary Jane Watson é uma personagem da HQ Homem-Aranha, da Marvel Comics. Filha mais nova de Philip Watson e Madeline Watson (separados), irmã de Gayle Watson e sobrinha de Anna Watson. Anna apresentou Mary Jane à vizinha e amiga May Parker, cujo sobrinho, Peter, é o Homem-Aranha. Mary Jane Parker é atrizmodelo e dançarina.

Mary Jane é retratada como uma moça moderna, de personalidade forte, e de aparência absolutamente estonteante, que desperta ao mesmo tempo atração e repúdia em Peter Parker, o Homem-Aranha. Ela é adepta a um comportamento “curtir a vida”, gosta de sair, se divertir e namorar, ainda que, declare várias vezes não desejar um relacionamento sério.

Por diversas vezes, Mary Jane usa de indiretas e jogos de sedução para com Peter, que acaba propondo casamento à moça por duas vezes, às quais ela recusa dizendo que seu sentimento para com o herói é somente de amizade. Ela inclusive só muda esta posição quando do envolvimento maior de Peter em sua vida pessoal e familiar, e o risco iminente que ele tivera face à morte.

O relacionamento entre os dois personagens é sempre bastante conturbado, tanto na vida pessoal de Peter, quanto em suas aventuras como o herói Homem-Aranha o que faz parte importante do estilo da série, que se propõe a trazer elementos “Novelísticos”, segundo o próprio Editor Chefe da Marvel Comics Joe Quesada.

Há quem julgue Mary Jane como uma “Anti-Heroína”, já que ela foge dos padrões normais de uma “mocinha”, e no contraponto, há quem considere que sua concepção pelos autores da série é de extrema genialidade, já que sua personalidade se mostra moderna até nos dias de hoje, quarenta e cinco anos após sua primeira aparição.

fonte:legiaodosherois.com.br , wikipedia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.