Batman vs Superman – “Eles cometeram um erro nesse filme”, diz Dave Gibbons

Durante participação na London Comic-Con (via CBM), Dave Gibbons, conhecido como um dos criadores de Watchmen, falou sobre Batman vs Superman – A Origem da Justiça. O criador criticou o filme, pela grande quantidade de elementos:

“Eu sinto que o que está acontecendo com os personagens da DC no cinema, na minha cabeça, é que tudo está indo na direção errada… O que a Marvel parece ter feito é pegar os personagens, com lados bons e ruins, cada um com seu humor, sua trajetória, suas emoções humanas, e tiveram uma longa visão do que queriam fazer. Eles os juntaram filmes que realmente são divertidos, são empolgantes, com ameaças e perigos, mas divertidos e com uma qualidade humanas neles, e um senso de esperança. Mas, o que sinto que a DC fez com Batman vs Superman – A Origem da Justiça, é que eles realmente cometeram um erro. Quero dizer, eu escrevi um quadrinho chamado World’s Finest, que tinha o Batman contra o Superman, e eu penso que o que poderia ter ajudado, e não apenas em uma cena, é que você tem um Batman como uma criatura obscura, que vive em uma cidade má, cujo maior antagonista é um palhaço colorido. E aí você tem o Superman, uma figura colorida, como um yang do yin do Batman, que mora em uma cidade brilhante e cheia de esperança, mas com um vilão, um oponente, que é um homem de negócios cinza. Então, os dois universos são totalmente complementares. Quando fiz a minha história, eu tinha milhares de possiblidades de cruzamento disso tudo, e coloquei o Luthor em Gotham, e o Coringa foi para Metrópolis. Enquanto ele queria deixar a cidade escura, o Luthor queria Gotham em chamas. Então, para mim, se você está fazendo Batman vs Superman, a primeira coisa que está implícita no ‘versus’, é que precisa ter uma diferença, e acho que foi ai que o filme sofreu, porque eles dois são criaturas obscuras”.

Apesar disso, Gibbons elogiou a atuação de Ben Affleck como o Homem-Morcego: “Mas preciso dizer que o Batman do Ben Affleck foi brilhante. Fiquei pensando [como seria] se ele tivesse um filme do Batman somente para si… Também acho que a DC meio que perdeu a cabeça porque Batman vs Superman, que é basicamente a história de O Cavaleiro das Trevas de Frank Miller, é suficiente para um filme sem o Apocalipse nele, que daria outro filme completo do Superman, sem ter aparições do Flash e do Ciborgue, e sem a Mulher-Maravilha, que já tem um filme próprio”.

No final, o autor elogiou o modo como a Marvel criou seu universo: “Talvez, no momento, eu não estou 100% empolgado com a DC. Certamente não estou criticando o Zack [Snyder], mas, para o meu gosto, sinto que eles perderam alguma coisa aqui. Também acho que a Marvel tem sido muito corajosa. Eles introduziram os personagens devagar, para então juntar todos em um único filme, isso me deu a mesma emoção de quando eu era criança e eles juntaram os Vingadores: ‘Ow, eles estão juntos em um quadrinho!’. E o último Capitão América [Guerra Civil], a cena quando todos começam a correr uns contra os outros, com todos os poderes, foi tipo: ‘Sim, é isso o que os quadrinhos fazem’. Acredito que a Marvel fez isso com entusiasmo e sagacidade. A DC meio que perdeu isso”.

Batman vs Superman: A Origem da Justiça está em cartaz nos cinemas e Liga da JustiçaParte 1 é rodado desde 11 de abril nos estúdios Leavesden, no Reino Unido.

fonte: omeletv.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *