Atriz de Divergente diz que nova franquia é sobre “identidade e intuição”

divergente o filme
  • Save

Gostou de Divergente ? Então saiba mais sobre o filme baseado em livro que vai ser uma franquia e quais os planos da franquia para as sequências.

Uma nova franquia adolescente chegou aos cinemas mais uma vez inspirada num livro de aventura best-seller. De novo, a história se passa numa sociedade futurística dividida em castas e tem uma garota corajosa à frente da história. A estrela da vez é Shailene Woodley, 22 anos, conhecida pelo trabalho em “Os Descendentes” ( 2011 ), no qual fez a filha do personagem de George Clooney.

“Há muitas mensagens no filme, gosto disto. A maior delas é que você precisa dar valor a sua própria identidade e intuição”, diz Woodley.

“Divergente” é o 1º longa-metragem da trilogia produzida pela LionsGate Entertainment, mesma companhia dos filmesJogos Vorazes” e que adquiriu em 2012 a Summit Entertainment, responsável pela outra saga blockbuster juvenil “Crepúsculo”.

“Eu falou não quando recebi a proposta pela 1º vez. Foi uma decisão difícil, nunca tinha feito uma franquia e achei que nunca fosse fazer”, falou ao UOL a atriz californiana. “Mas eu gostei da história e da personagem. Minha mãe abriu meus olhos. Ela falou: ‘Você vai tomar uma decisão por medo do tamanho do orçamento do filme?’ Não quero viver com medo, sabe?”

A história se passa numa Chicago do futuro, onde a população é dividida em facções com base em virtudes humanas: Audácia, Abnegação, Erudição, Amizade e Franqueza. Woodley vive Tris, que nasceu em Abnegação, formado por pessoas que são contra a vaidade e colocam o outro em 1º lugar. Todo cidadão tem o direito de mudar de grupo uma vez na vida, no decorrer a Cerimônia da Escolha, depois de fazer um teste de aptidão. O teste de Tris dá inconclusivo e ela resolve mudar de facção. Mas logo descobre que não pertence a nenhuma casta, já que é Divergente, um tipo raro que representa uma ameaça à sociedade e é perseguido pela vilã interpretada por Kate Winslet. “Tris tem muita coragem e ousadia para mudar de facção e lidar com as consequêncas. E, no final, ela descobre que a mistura das virtudes faz o melhor líder”, diz Woodley. Acostumada a trabalhar em filmes independentes, a atriz contou que a grande novidade de encarar um blockbuster foi encenar com a “tela verde”, aquela usada para acrescentar efeitos especiais depois da filmagem com os atores.

Você ja viu? :  Humor, Drama Religioso e Divergente são cardápio da semana !

“As diferenças são muitas, há mais gente no set, mais biscoitos na cozinha. Mas, no final do dia, você aborda o personagem da mesma maneira. Só não contava com a tela verde, não sabia que seria tão difícil”, falou. “Você precisa confiar totalmente na sua imaginação, como uma criança. Você precisa fingir que está com muito medo embora não tenha nada lá. Foi interessante e divertido. “

Seu parceiro de elenco é o ator inglês Theo James, que faz Quatro, um Divergente veterano escondido na nova facção de Tris. “Shailene deixava tudo mais fácil de trabalhar. Ela traz um tipo de emoção para as cenas, dá realidade e não permitia que nos perdêssemos no meio da grandiosidade das sequências de ação”, falou o ator de 29 anos ao UOL.

James, que fez uma pequena participação na 1º temporada de “Downton Abbey”, treinava 3 vezes por semana em Chicago como preparação para as lutas do filme, uma mistura de artes marciais como Muay Thai e Krav Maga.

“Queriam criar algo que parecesse diferente, para sugerir uma luta nova do futuro, com reminiscências de coisas que reconhecemos”, contou. “Levei um soco na cara e dei outro no dublê, sem querer. Ele acabou levando 12 pontos. “

fonte: cinema. uol. com. br

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os direitos reservados - Poltrona de Cinema 2021
English EN Portuguese PT Spanish ES
Share via
Copy link