Saiba mais sobre a vida de Robin Williams

Mundo ficou mais triste ontem depois da notícia da morte do ator Robin Williams. O gênio do cinema deixou sua atuação expressiva e caricata como uma espécie de herança aos órfãos de “Sociedade dos Poetas Mortos”, “Patch Adams”, “Uma Babá Quase Perfeita”, “Jumanji”, “Tempo de Despertar”, “Gênio Indomável” e tantos outros títulos.

Robin Williams se destacou também em peças de teatro e em programas e séries de televisão, tendo uma lista grande de indicações e premiações. O que você talvez não saiba é que o ator tinha problemas com o uso de drogas e álcool. Depois de 20 anos de sobriedade, Williams voltou a beber e, em 2006, chegou a se internar em um centro de reabilitação. A seguir, conheça um pouco mais a respeito da vida do ator:

1 – No começo

Williams fazia aulas de atuação quando teve seu talento reconhecido por John Houseman, que o aconselhou a investir mais em suas apresentações stand up e menos em aulas.

2 – Entre os 100 melhores

A revista Empire Magazine, uma das mais conceituadas quando o assunto é cinema, divulgou uma lista em 1997 com os 100 melhores atores da História. Robin Williams estava entre eles.

3 – Improviso

Williams era um ator tão brilhante que os autores da série Mork & Mindy davam total liberdade de improvisação para o ator.

4 – Esporte favorito

O ator era um grande fã de rugby e, especialmente, do jogador Jonah Lomu.

5 – A inspiração

A série britânica Monty Python’s Flying Circus foi responsável pelo interesse do ator em comédia. A gente agradece.

6 – O melhor amigo

Williams e Christopher Reeve, que viveu o Super-Homem no cinema quatro vezes, eram grandes amigos. Williams sempre esteve ao lado de Reeve desde que se conheceram até a morte do ator, em 2004.

Os dois se tornaram amigos quando faziam aulas de atuação e, segundo Williams, Reeve o ajudou quando estava sem dinheiro para comprar comida: “Ele dividia sua comida comigo”.

Reeve escreveu sobre a importância do amigo quando estava hospitalizado depois de sofrer o acidente que seria responsável pelo fim de sua carreira. Nos relatos do eterno Super-Homem, Williams chegou ao seu quarto no hospital vestindo roupa de médico, fazendo um sotaque russo e dizendo que realizaria um exame de próstata. “Pela primeira vez depois do acidente, eu ri”, disse Reeve. “Meu velho amigo tinha me ajudado a ver que de alguma forma eu ficaria bem”.

7 – Aladim

O ator dublou tanto o gênio quanto o vendedor do filme “Aladim” na versão em inglês. Há até quem diga que os dois personagens são a mesma pessoa. Muitos dos diálogos do filme foram improvisados por Williams.

8 – Os favoritos

Entre os programas de TV favoritos do ator estavam Doctor Who e Star Trek.

9 – Rir é o melhor remédio

Se você assistiu ao filme “Patch Adams” deve se lembrar de que o personagem de Williams era a favor do riso como terapia. Aparentemente essa era uma característica que personagem e ator tinham em comum.

A esposa do cantor Ozzy Osbourne, Sharon Osbourne, sempre foi uma grande fã de Williams e, quando descobriu que estava com câncer, ficou em casa durante alguns dias, realmente abalada com a notícia. O marido resolveu pedir ao ator que fosse visitar a esposa – eles nem se conheciam! O resultado: Williams chegou ao quarto de Sharon, deitou-se à cama com ela e ficou ali, durante uma hora, contando piadas e a fazendo rir.

10 – O piadista

Durante as gravações de “A Lista de Schindler”, o diretor Steven Spielberg ficava depressivo muitas vezes. O diretor depois revelou que recebeu ligações de Williams, que fazia piadinhas para melhorar o humor de Spielberg.

11 – O mundo dá voltas

Quando estava no Ensino Médio, Williams foi apontado pelos seus colegas de classe como o aluno mais engraçado, mas também como o que parecia ter menos chance de ser bem-sucedido. Eles nem imaginavam que estavam falando sobre um cara que seria vencedor de cinco Grammys, dois Emmys e um Oscar.

12 – Livro favorito

“O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa”, de C. S. Lewis, era o livro favorito de Williams durante sua infância. Ele chegou a ler a mesma obra para seus filhos: “Eu estava lendo uma vez para Zelda e ela disse ‘não faça essas vozes, apenas leia com a sua própria voz’; então eu fiz isso, li o livro normalmente e ela falou ‘assim está melhor’”.

13 – Semana boa

Em 1996 dois de seus filmes estavam em cartaz – “Jumanji” e “A Gaiola das Loucas” – e cada um arrecadou US$ 100 milhões nas bilheterias. Na mesma semana.

14 – Infância

Williams era uma criança acima do peso e, por isso, não tinha amigos. Ele passou a falar sozinho e fazer vozes diferentes para se divertir.

15 – Conversa com Deus

Questionado por James Lipton a respeito do que gostaria de ouvir de Deus quando chegasse ao céu, Williams respondeu que ficaria feliz com algo como “há um lugar na frente”, referindo-se a um show de Mozart e Elvis Presley.

16 – Mudança de hábito

O ator precisou passar por um procedimento cirúrgico cardíaco recentemente e, depois da cirurgia, tornou-se vegetariano.

17 – Vida amorosa

Williams foi casado três vezes. Em 1978, casou-se com Valerie Velardi; em 1989, com Marsha Garces; e em 2011, com Susan Schneider.

fonte:megacurioso.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *