Polícia divulga a causa da morte de Robin Williams

A Polícia de Marin County concedeu uma coletiva de imprensa nessa terça-feira (12) sobre o falecimento do ator Robin Williams. Segundo o Tenente Keith Boyd, a causa de morte preliminar é suicídio por asfixia. Segundo Boyd, a assistente de Williams encontrou o ator enforcado sobre uma cama, levemente suspenso em uma posição sentada, com cortes superficiais na parte interna de seu pulso esquerdo. O horário oficial de sua morte é 12 horas e 2 minutos.

O tenente continuou relatando que Williams foi visto vivo pela última vez às 10 horas e 30 minutos da noite de domingo. Doze horas depois, a esposa Susan Schneider deixou a casa, pensando que o comediante ainda estivesse dormindo. A assistente de Williams ficou preocupada por volta das 11 horas e 45 minutos, quando o ator não atendeu a suas repetidas batidas na porta do quarto.

Mais detalhadamente, ele explicou que, após arrombar a porta, a assistente o encontrou desacordado, vestido, pendurado contra a porta fechada do armário, com um cinto apertado ao redor de seu pescoço, e a outra ponta do objeto preso entre a porta e a moldura da porta. Boyd acrescentou que a pessoa que telefonou para a Polícia parecia perturbada no momento da ligação.

Sobre os cortes no pulso, Boyd contou que um canivete com uma substância vermelha seca, com a aparência de sangue seco, foi encontrado perto do corpo de Williams. Cauteloso, o policial fez questão de pontuar que ainda não há nenhuma evidência de que o material seja sangue e que este pertença ao ator.

O policial não revelou detalhes sobre a autópsia, realizada ainda nessa segunda-feira, mas disse que há um investigação em curso para identificar a causa e as circunstâncias da morte do ator. Exames toxicológicos serão realizados, o que pode demorar entre duas e seis semanas. Ao fim do processo, uma nova coletiva de imprensa será agendada.

Agente de Williams, Mara Buxbaum revelou, no comunicado oficial de seu falecimento, que o ator de 63 anos lutava contra uma grave depressão e já havia sido internado em clínicas de reabilitação por conta de problemas com drogas (álcool e cocaína) várias vezes, inclusive no último mês de julho.

Robin Williams teve como ponto alto de sua inesquecível carreira o Oscar de ator coadjuvante pelo filme Gênio Indomável.

fonte:adorocinema.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *