Melhores filmes do Wagner Moura

wagner_moura

Nascido em Salvador em 1976 e criado em Rodelas, no sertão baiano, Wagner Maniçoba de Moura é um dos atores brasileiros com maior identificação com o cinema.

Começou no teatro no colégio, cursou jornalismo, mas logo seguiu o caminho da dramaturgia, viajando com a peça ‘A Máquina’ com os amigos Lázaro Ramos e Vladimir Brichta.

Começou no cinema fazendo curtas e com participações secundárias em filmes como ‘Sabor da Paixão’, ‘Carandiru’, ‘As Três Marias’, ‘O Homem do Ano’ e ‘Abril Despedaçado’, até começar a ganhar papéis de maior destaque.

Esta lista traz 10 filmes de maior destaque até aqui de Wagner Moura.

1.  O Homem do Futuro (o mais recente filme de Moura é um candidato a blockbuster, irregular, mas divertido. conta as viagens no tempo de um cientista, que volta 20 anos para mudar sua própria história e com isso cria um paradoxo. desta forma dá espaço para o ator criar três diferentes personalidades para o mesmo personagem. e, claro, ele se sai muito bem)

2.  Tropa de Elite (o mais festejado de seus papéis, o icônico Capitão Nascimento tornou-se o primeiro grande herói do cinema nacional. um militar consciente e instruído, mas envolvido em ações violentas de combate ao tráfico nos morros do Rio de Janeiro. Wagner e o diretor José Padilha souberam dar uma dimensão humana ao personagem. belo filme, grande atuação)

Você ja viu? :  Batman v Superman - Trailer

3.  Romance (um casal de atores de teatro que se apaixona, mas se separa quando ela começa a fazer novelas. três anos mais tarde se reencontram para ele dirigi-la numa adaptação da mesma peça para a televisão. metalinguagem misturando realidade e ficção num ótimo roteiro, bem dirigido por Guel Arraes)

4.  VIPs (um personagem sob medida para Wagner, que convence como um adolescente e como adulto. conta a história de um rapaz mitômano, que sonha ser piloto de avião, envolve-se com o tráfico na fronteira com o Paraguai e se faz passar por filho do dono da Gol, durante um carnaval da Bahia. interessante, coeso e bem dirigido por Toniko Melo, um bom filme)

5.  Saneamento Básico, o Filme (numa pequena cidade da serra gaúcha, um grupo de moradores reivindica a construção de uma fossa para tratamento de esgoto. a prefeitura não tem verba para isso, mas tem para a produção de um filme. o grupo então resolve fazer um filme sobre as obras e, assim, realizá-la. o filme fica tosco e hilário. uma divertida comédia de Jorge Furtado, com destaque para o ótimo elenco)

Você ja viu? :  Transformers: Era da Extinção – Assista ao novo trailer internacional

6.  Cidade Baixa (dois amigos vivem fazendo fretes e aplicando pequenos golpes a bordo do seu barco a vapor. numa de suas paradas dão carona a uma prostituta, que quer passar o carnaval em Salvador para “arrumar um gringo rico” e se envolvem num triângulo amoroso. além de Wagner, o filme é estrelado por Lázaro Ramos e Alice Braga. um filme cru e intenso do bom diretor Sérgio Machado)

7.  Deus é Brasileiro (pensando em tirar férias, deus desce ao Brasil em busca de um santo que o substitua nesse período. aqui chegando ele recorre a um esperto borracheiro/pescador para ser seu guia. na comédia de Cacá Diegues, o novato Moura rouba a cena até de Antônio Fagundes. divertido)

8.  Ó Paí Ó (um painel da vida dos moradores de um cortiço de Salvador no último dia de carnaval. uma comédia musical recheada de tipos engraçados, com destaque para Moura no papel do malandro Boca, que posa de marginal.

9.  O Caminho das Nuvens (um pai de família resolve levar mulher e filhos para o Rio de Janeiro de bicicleta em busca de um emprego de “mil real”. no caminho passam por muitas dificuldades. Wagner está muito bem com seu primeiro protagonista, assim como Cláudia Abreu, mas é um filme de uma ideia só, que sofre para alongar a trama)

Você ja viu? :  10 Melhores Filmes da Marvel

10.  Tropa de Elite 2 (treze anos após os fatos ocorridos no primeiro filme, o Capitão foi promovido a Tenente-Coronel e a subsecretário de governo e está cada vez mais cercado pela corrupção generalizada, dos políticos às milícias. o filme é excelente e o maior sucesso da história do cinema nacional, quebrando todos os recordes, mas desta vez a interpretação de Moura parece um tanto burocrática. o destaque vai para os coadjuvantes, o grande roteiro de Bráulio Mantovani e a direção segura de Padilha)

fonte:listade10.blogspot.com.br

Deixe sua opinião, dúvida ou crítica!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.