A morte de Marilyn Monroe: foi suicídio ou assassinato?

  • Save

Algumas mortes deixam uma pulga atrás da orelha e quanto maior o sucesso maior a dúvida: A morte de Marilyn Monroe: foi suicídio ou assassinato?

Por trás de todo brilho e glamour de  existem histórias sombrias e fins trágicos cujas explicações nunca ficaram totalmente claras. Como é o caso de James Dean, galã que morreu subitamente em um incidente de carro poucos meses antes da do clássico Juventude Transviada. Porém, o mais peculiar sobre esta história é que fãs que compraram peças do veículo do ator supostamente se mataram depois, gerando boatos de que as partes estariam amaldiçoadas.

Marilyn Monroe: suicídio ou assassinato?

“[Ela] bebia champanhe e vodca pura e ocasionalmente tomava uma pílula. E eu disse: Marilyn, essa combinação vai te matar. E ela disse: não me matou até agora. Então tomou outro gole e mais um comprimido”, relembrou James Bacon, amigo próximo de Monroe.

No fatídico dia de agosto, a loira mais famosa de foi encontrada por sua equipe pessoal em uma cena assustadora: deitada nua na cama, com uma mão segurando o telefone e diversos comprimidos espalhados em sua mesa de cabeceira.

Inicialmente, a causa mortis foi considerada uma overdose acidental ou suicídio, no entanto isso não respondia perguntas que começaram a surgir, como a falta de medicamentos em seu sistema revelado pela autópsia ou porque ela não havia deixado um bilhete de despedida.

Você ja viu? :  ‘Predador: Skulls’: Diretor de fotografia comemora o fim das gravações com nova imagem dos bastidores; Confira!

Teorias da conspiração informam que o falecimento de Marilyn poderia ter sido um assassinato por motivações políticas realizado por Robert Kennedy, procurador-geral dos Estados Unidos da América e irmão do presidente John F. Kennedy. Supostamente, o então presidente tinha um caso com a moça, e seu irmão decidiu silenciá-la de uma vez por todas antes que vazasse o escândalo para a imprensa.

Seja suicídio ou assassinato, a morte de Monroe causou muito burburinho nos tabloides da época, e permanece um dos mistérios não solucionados, oculto na história obscura do norte-americano.

A ascensão da carreira de Sharon Tate no cenário hollywoodiano na década de 60 não foi sozinho interrompida subitamente, mas até mesmo ofuscada pela tragédia de sua morte no verão de 1969.

Quer saber mais detalhes até o momento sobre o caso de Marilyn? Clique Aqui

fonte: megacurioso

Deixe seu comentário!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Todos os direitos reservados - Poltrona de Cinema 2021
English EN Portuguese PT Spanish ES
Share via
Copy link