Em breve sequências de filmes nacionais

Oito dos dez filmes nacionais mais assistidos em 2013 eram comédias, incluindo Minha Mãe é uma Peça – O Filme, no topo da lista. A produção estrelada pelo humorista Paulo Gustavo que levou mais de 4,5 milhões de espectadores aos cinemas. Com o gênero reafirmando seu absoluto sucesso comercial entre o público brasileiro, é natural que as produtoras nacionais invistam em continuações.
O calendário de estreias do site Filme B, atualizou sua agenda na última quinta-feira (06/03), confirmando a data de estreia de seis sequências de comédias nacionais que devem repetir os bons números nas bilheterias. Veja abaixo.

8 de janeiro de 2015: Divã 2, com Lília Cabral retomando seu papel como Mercedez, uma mulher de meia idade que muda de vida após fazer análise.

15 de janeiro de 2015: De Pernas Pro Ar 3, terceira aventura da executiva bem-sucedida Alice, vivida por Ingrid Guimarães, e sua sócia Marcela (Maria Paula).

12 de fevereiro de 2015: Qualquer Gato Vira-Lata 2, comédia romântica que terá o retorno de Cléo Pires, Dudu Azevedo e Malvino Salvador.

18 de junho de 2015: Minha Mãe é uma Peça 2. A extravagante Dona Hermínia de Paulo Gustavo volta aos cinemas. Também em 2015, humorista irá lançar 220 Volts (dia 22 de janeiro), filme inspirado em programa de TV exibido no canal Multishow.

9 de julho de 2015: Meu Passado Me Condena 2, comédia sobre um casal formado pelo onipresente Fábio Porchate Miá Mello.

24 de dezembro de 2015: Até que a Sorte nos Separe 3. Quanto dinheiro Tino, personagem de Leandro Hassum, vai perder desta vez? Será que Camila Morgado vai continuar no elenco?

fonte:adorocinema.com

Opinião do Poltrona

Parece que agora o cinema nacional tem atraído mais publico e conseguido emplacar maiores bilheterias e um reflexo disso são as sequências dos filmes da categoria que mais tem agradado nossos colegas de poltrona : comédia . Algumas com fórmulas prontas com um toque nacional , piadas mais próximas da nossa realidade , qualidade dos atores , roteristas, diretores e etc e também um publico muito mais aberto ao cinema nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *